sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Gosto (64) (P)

Gosto de palavras com muitas consoantes seguidas, principalmente palavras eslavas. A minha estadia no leste permitiu-me adquirir a capacidade de pronunciar palavras lunáticas como šmrt (a minha favorita em termos de significado), štvrtok (a minha favorita em termos de sonoridade), vlk, krv, srdc, msze, crvki (que se prenuncia tsrvki, pois na maior parte das línguas eslavas o 'c' lê-se 'ts' - o nome do realizador Emir, nascido na Bósnia, em Sarajevo, não se pronuncia 'Kusturika', como a maior parte das pessoas diz em Portugal e noutros países, mas sim 'Kusturitssa') entre outras, que significam, respectivamente, morte, quinta-feira, lobo, sangue, coração, massas e igreja. Todas elas são em eslovaco, pelo menos, pois podem ser comuns a várias línguas eslavas, excepto a penúltima que é em polaco e a última que é em sérvio. Até aprendi a cantar e a inserir algumas destas palavras de difícil pronuncia nas minhas cantorias. Para mim é muito desafiante e enriquecedor aprender novas línguas, por isso, aprender estas palavras é um importante passo para poder dizer todas as coisas a todas as pessoas em todos os lugares. O lugar em que já estive com mais consoantes seguidas é Štrbské Pleso nos montes Tatra na Eslováquia. Quando alguns dos meus planos resultarem, planeio fundar uma cidade chamada Krvlšlgrpry e ser muito feliz lá com um porradão de belas mulheres e muitos amigos, numa terra em que não há casamentos nem divórcios e ninguém é pai de ninguém, mas toda a gente é filha da comunidade. Já sei pronunciar este nome com toda a exactidão e trago-o sempre na ponta da língua.

Sem comentários:

Enviar um comentário