quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Corazón Delator (Soda Stéreo)


Um chamariz
Há algo oculto em cada sensação
Ela parece suspeitar
Parece descubrir
Na minha debilidade
Os vestígios de uma fogueira
Oh, o meu coração torna-se delator
Traindo-me por descuido
Fui vítima de tudo alguma vez
Ela não pode perceber
Já nada pode impedir na minha fragilidade
É o curso das coisas
Todo o meu coração se torna delator
Abrem-se as minhas algemas

Uma leve chicotada
uma premonição
Evocam chagas nas mãos
Uma doce palpitação
Uma chave íntima
Vão caindo dos meus lábios

Um sinal
Há algo oculto em cada sensação
Ela parece suspeitar
Parece descubrir
Em mim
Que aquele amor é como um Oceano de Fogo
Oh, o meu coração torna-se delator
A febre voltará

Uma leve chicotada
uma premonição
Evocam chagas nas mãos
Uma doce palpitação
Uma chave íntima
Vão caindo dos meus lábios
Como um mantra
Dos meus lábios
Dos meus lábios

Petrogul Al-Saphyria

Sem comentários:

Enviar um comentário