sábado, 16 de janeiro de 2016

Coração Sangrento

Esta noite o meu coração sangra
A longa rua está silenciosa
E na linha da lua, a milagrosa,
os dias estão a fechar-se violentamente
e as vidas a perder-se lentamente
olho para cima, ainda não estou encurralado
tenho asas, mas não quero voar
do centro da cidade para o centro da minha dor
Tenho sede, tenho calor
tanto medo e tanto amor

Petrogul Al-Saphyria

Appendice

A Coroação cinzenta do
Coração sangrento 

Cor da canção do pensamento
Violento como faíscante golpe de desconhecimento

Sem comentários:

Enviar um comentário