sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Os Homens Quebrados (V)

Somos os Homens Quebrados
Os nossos sonhos antigos
São recordações nostálgicas
Memórias mágicas
De quando viviamos

A Razão mostrou-se maior que os nossos esforços
Por isso somos os Desistentes
Abandonando, contrariados,
E a diferentes ritmos os nossos corpos amaldiçoados

Sem comentários:

Enviar um comentário